Guacamole

Das delícias da culinária típica mexicana, a guacamole talvez seja a mais eclética, mesmo aos brasileiros, que são acostumados a abacate com açúcar. Veja como preparar com uma receita bem especial.

Mas antes que você comente: não. Essa não é uma receita super-mega-hiper-master-tradicional não. Ao longo do tempo ela passou por adaptações para o paladar brasileiro, com um toque gourmet, para arrancar aquele “Wow!” até dos convidados mais difíceis.

Anota aí os ingredientes:

  • 2 abacates médios maduros (aproximadamente 1,2Kg totais – veja notas);
  • 1 ramo de coentro (veja notas);
  • 1 ramo de salsinha;
  • 1 ramo de cebolinha;
  • 2 limões sicilianos;
  • 1 tomate italiano grande maduro (aproximadamente 150g);
  • Sal à gosto;
  • Pimenta à gosto (veja notas).

Preparo:

Em uma vasilha, amasse o abacate. Não precisa falar que tem que tirar a casca e o caroço, né, amiguinhos? Enfim, amasse com um garfo, de preferências, de forma grosseira (ou seja, deixando alguns pedaços irregulares mesmo, de propósito).

Com a ajuda de uma peneira, coloque apenas o suco dos limões. Caso você seja intolerante à acidez ou apenas chato mesmo, basta começar com o suco de um apenas, e aumente no final do processo, se quiser algo mais emocionante.

Remova a semente do tomate, pique em cubos pequenos e junte à mistura.

Pique os ramos de coentro, salsinha e cebolinha. Comece com 1/3 do ramo e adicione o restante aos poucos, até achar a medida ideal para o seu paladar. Não esqueça de conferir as notas no final do post antes de sair jogando os temperos lá dentro da vasilha!

Tempere com o sal e a pimenta à gosto. Tipicamente esse prato é picante, ou seja, levará um pouco mais de pimenta. Mas nem todo mundo por aqui no Brasil curte essa ideia, então talvez seja prudente deixar sua mão leve na hora de colocar as ardidinhas na mistura 🙂

Rendimento:

Isso tudo faz cerca de 1,3Kg de guacamole, que geralmente é valente o suficiente para conquistar até 10 convidados, especialmente se não estiver sozinha no campo de batalha.

Notas:

  1. No Brasil como um todo o mais comum é o abacate manteiga, mas isso varia em algumas regiões. Em alguns mercados também é possível encontrar outras variedades. Todas são muito boas, mas o sabor realmente muda. Experimente!
  2. Coentro é forte. Mesmo. Quem gosta vai querer jogar o ramo inteiro na mistura de uma vez só mas quem odeia, basta uma folha para falar que estragou o prato. Lembre-se disso.
  3. A pimenta que mais amo para tudo, inclusive guacamole, é a Jalapeño. Em Belo Horizonte, por exemplo, você a encontrará no Mercado Central. Ela tem um bom ardor, e um paladar bem característico. Você pode usar outras pimentas também, como a malagueta, a dedo-de-moça e tantas outras à sua vontade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *